sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Educação inclusiva


Hoje em nossa cidade temos muitas pessoas com necessidades especias .as mesmas são atendidas pela PODES -Pastoral Dos Portadores De Direitos Especias tendo como presidente o PISICOPÉDAGOGO o Padre Fancisco e uma cordenadora local Joisa Reis onde contamos com o apoio da Prefeitura Municipal de Tapiramutá.
Nós professores: Givania,Aline, Eliene ,Joisa,.estamos de porta aberta para recebelos,vale resultar que algumas destes alunos estaõ na escola regular e estuda na PODES no outro turnos.

8 comentários:

Mary disse...

Olá Eliene, esse tema que você escolheu é muito interessante,pois este deve ser visto com mais atenção e carinho.

Bjos!!!

maria da Paz Rodrigues

iolanyasmim disse...

Sabemos que, o processo de inclusão se refere a um processo educacional que visa atender ao máximo o capacidade das crianças portadoras de necessidade especiais. Possibilitando a inserção desses alunos nas classes comuns com o acompanhamento de professor especializado, visto que eles têm capacidade e podem aprender juntos com os outros educandos embora, tendo objetivos e processos diferentes. Percebo isso na minha prática, onde estou tendo a oportunidade de trabalhar com alunos com deficiência auditiva, com o acompanhamento da professora Gilvânia que é especializada para desenvolver tal função, fico muito satisfeita, ao vê-lo, interagindo, dialogando,buscando a construção do conhecimento.

Jana Passos disse...

É isso aí Eliene, eles tem que incuir no meio dos outros alunos. Valeu pelo tema.
bjos Georgiana Passos

Line disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Line disse...

Sabe-se que a inclusão educacional é um processo que se concretiza no Brasil por meio de uma política de educação inclusiva, cujos pressupostos filosóficos compreendem a construção de uma escola aberta para todos.O respeito a diversidade é um dos pilares básicos da Educação Inclusiva que se converte em alternativa para que os sistemas educacionais rompam difinitivamente com as diferentes formas de exclusão educacinal.

Line disse...

Olá Eliene,a Inclusão é a transformaçao do sistema educacional, de forma a encontrar meios de alcançar níveis que não estavam sendo contemplados.Eu compreendo a inclusão como um processo em três níves:O PRIMEIRO é a PRESENÇA, o que significa estar na escola. Mas não é suficiente o aluno estar na escola, ele precisa participar.O SEGUNDO portanto é a PARTICIPAÇÃO, o aluno pode estar presente , mas não necessariamente participando. É preciso, então, dar condições para que o aluno realmente participe das atividades escolares.O TERCEIRO é a AQUISIÇÃO DE CONHECIMENTOS- o aluno pode estar presente na escola, participando e não estar aprendendo. Portanto, inclusão significa o aluno estar na escola, participando, aprendendo e desenvolvendo suas potencialidades.

Bjos!!
Aline Sales

Diana Ribeiro disse...

É muito bom esse tema,falar de incusão em uma sociedade que se julgar incluso de tudo e que nem sempre é.Tras mais informações sobre esse assunto,especificamente de nossa cidade ja que voce é boa pra falar sobre isso.

Joilsa disse...

Olá Eliene!

Inclusão!!!!!!!
Esta no seu sangue, na sua alma e no seu ofício.
Conviver não é fácil,ensinar a essas pessoas é um privilégio,e divulgar algo sobre educação inclusiva é dar oportunidade de mostrar que pessoas diferentes também tem muito o que ensinar e aprender e que as limitações não estão só na pessoa com deficiência e sim com qualquer um dito "normal".

Um forte abraço
da amiga Joilsa Reis